Death from Above 1979


Dois canadenses de Toronto que surgiram em 2002, quando lançaram o EP 'Heads Up', inovando o mundo underground com apenas dois instrumentos, baixo e bateria. Algumas citações fazem referência aos White Stripes, por ter apenas dois instrumentos, mas os DFA1979 (abreviação mais usada para a banda) têm uma sonoridade mais pesada. Como a banda possuía o nome de gravadora de James Murphy (dos LCD Soundsystem), a Death From Above Records, eles enfrentaram uma disputa judicial pelo nome Death From Above, e, após a perda, trocaram o nome para Death From Above 1979 (1979 é o ano de nascimento do baterista e vocalista Sebastian Grainger). Em algumas entrevistas, eles dizem que se encontraram na prisão e que vivem numa casa funerária, apenas para causar mais loucura na cabeça de seus fãs. Em Fevereiro de 2004, os DFA1979 entraram em estúdio, e em Outubro do mesmo ano, lançaram o único disco de estúdio de sua carreira, 'You're a Woman, I'm a Machine'. O disco conta com 11 músicas, e 'Romantic Rights', 'Blood On Our Hands', e 'Black History Month', foram as músicas que mais fizeram sucesso, sendo os únicos singles que a banda lançou. Além das músicas, algumas covers aparecem no lado B, como a música 'Luno' da banda britância Bloc Party. O vocalista dos Bloc Party, Kele Okereke, elogiou a versão da banda canadense, dizendo que foi uma das melhores covers que já fizeram do Bloc Party. A banda ganhou espaço no mainstream do indie rock, sendo "dançáveis" e pesad...

Related Artist

Top Tracks

© 2018 anymusic.online